É possível cursar faculdade no exército?


É possível fazer faculdade estando no exército?

O período de alistamento militar pode significar momentos de apreensão por ser obrigatório. Se o possível candidato for selecionado e estiver cursando faculdade, logo a primeira dúvida que irá surgir é: posso cursar faculdade servindo no exército?

Outra situação é de um servidor de quartel despertar interesse sobre determinado assunto ou profissão e se sentir estimulado a iniciar os estudos em uma faculdade. E dúvida parecida surge: posso fazer faculdade no exército?

Porém mais do que possíveis restrições no estatuto militar, outra preocupação comum em ambos os casos é se há tolerância por parte das instituições de ensino quanto a rotina peculiar de um servidor das forças armadas, que é obrigado a fazer plantões, cumprir semana de internato, de acampamento, participar de eventos obrigatórios, missões, entre outras atividades que o alto comando possa requerê-lo, rotina que significa muitas aulas perdidas.

Tire essas dúvidas e saiba se é possível cursar faculdade no exército a seguir.

Sobre faculdade no exército

É possível nas duas situações citadas o servidor cursar ou continuar cursando faculdade no exército, no entanto não poderá faltar as atividades inerentes do cargo e nem estudar no mesmo turno que ocorrem os exercícios.

Ou seja, será necessária muita força de vontade, foco e disciplina (características indispensáveis em um militar, não é mesmo?) para fazer faculdade no exército, pois a carga horária de tarefas será puxada, dobrada. Depois de um dia inteiro de ralação em atividade bruta, especialmente nos primeiros meses de ingresso, terá que se encaminhar diretamente para a aula ou virar noites inteiras recuperando o conteúdo perdido em decorrências das faltas inevitáveis para cumprir com suas obrigações no quartel.

O lado da faculdade

Já para a questão do rigor da faculdade quanto as ausências impreteríveis, perda de conteúdo e falta em dia de prova, normalmente as instituições de ensino são flexíveis quando se deparam com o caso de aluno fazendo faculdade e servindo ao exército por conhecerem as peculiaridades de seu posto que dificultam o acompanhamento ininterrupto das aulas. O exército concede comprovante que identifica o servidor como ativo das forças armadas para que apresente no centro de ensino.

 É possível repor aulas que descontem na soma de faltas e remarcar datas de provas para que exerça os exames em locais reservados para atender as suas necessidades.

É comum também que as faculdades ofereçam condições especiais de financiamento e abatimento de valores nas parcelas da graduação em razão da estabilidade que o cargo nas forças armadas propicia ao servidor. Essa condição significa menos riscos de inadimplência o que favorece a concessão de benefícios diferenciados.

Essa característica do servidor público é atrativa não só para instituições de ensino, mas para agências de crédito que trabalham com modalidades especiais voltadas para a categoria. Saiba mais a respeito em 5 motivos para adquirir empréstimo consignado.

Um caminho mais fácil

Se a jornada intensa de obrigações no exército e de horas puxadas de estudos se mostrar muito extenuante, uma boa alternativa para quem quer ou precisa fazer faculdade no exército é se candidatar para ingressar no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR).

Trata-se de um centro de ensino voltado para as práticas de liderança de tropas em tempos de guerra ou paz. É necessário ter completado o ensino médio, passar por testes de capacidades e exames teóricos para ser aprovado e poder frequentar o CPOR. No entanto, o ingresso não será permitido se o servidor já estiver frequentando a faculdade no ato dos testes admissionais.

Ao ser aprovado e entrar na faculdade, poderá obter liberação para se dedicar aos seus estudos no período da tarde.

Conclusão

É possível cursar faculdade no exército desde que em período que não gere conflitos de agenda com as atividades obrigatórias no quartel. É concedido comprovante para que o servidor apresente a instituição de ensino a respeito de sua filiação no quadro das forças armadas. Os centros acadêmicos costumam ser flexíveis quanto a computação das faltas e datas de provas por compreenderem as peculiaridades do setor em questão...

Você também pode se interessar: Saiba os principais direitos dos militares
Se gostou do conteúdo, curta, avalie, compartilhe. Seu apoio é muito importante para nós.






Comentários